Arquivo da categoria: Cinema

A Tropa ataca de novo

Por Nathália Soriano

“Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro” já é um sucesso com quase três semanas em cartaz. Aliás, antes mesmo de estrear, o filme brasileiro mais aguardado do ano já era um sucesso.

Para não acontecer o mesmo que o primeiro filme, quando uma cópia foi roubada e estima-se que mais de 11 milhões de pessoas tenham visto a versão pirata, o diretor José Padilha criou algo inovador no mercado brasileiro, distribuindo ele mesmo as cópias, além de ter um forte sistema de segurança por trás disso.

O melhor no filme fica por conta da atuação de Wagner Moura. Agora como Coronel Nascimento e Sub Secretário de Inteligência do Rio de Janeiro, dez anos mais velho, o personagem é mais maduro, mais denso, e ao combater o tráfico de drogas, revê o seu papel dentro do sistema.

Na verdade “o inimigo” são vários: os policiais corruptos, os políticos corruptos e, principalmente, as milícias.
O filme é menos violento e chocante do que o primeiro, mas a trama é melhor elaborada. Seguindo os passos de Nascimento, o público é levado para dentro do sistema, algo difícil de ser evitado, de fugir, de negar, “foda”, nas palavras do próprio Coronel.

Fui ver o “Tropa 2” no primeiro final de semana de estreia. Filas enormes, especulações e espera. Foi muito interessante ver a reação do público quando Nascimento bate em um político, por exemplo. São aplausos, gritos, a plateia entra em êxtase. Ele, até certo ponto, faz justiça com as próprias mãos, faz o que muita gente gostaria de fazer e por isso o Capitão/Coronel se tornou um (anti-) heroi tão aclamado pelo público.

Infelizmente, a grande maioria das pessoas que viram o filme param por aí. O filme acaba, a música toca, os créditos sobem. O cinema se esvazia e a reflexão acaba. Acaba?

“Tropa 2” foi lançado logo após as eleições. O que nos faz pensar: se fosse lançado antes, o resultado seria diferente? Lá no Rio, para governador, teria ganhado Sérgio Cabral? E, aqui em São Paulo, seria o Tiririca eleito com mais de um milhão de votos? Talvez sim, talvez não. Afinal é só um filme, e como um filme, mesmo tendo ideias e críticas tão claras, pode mudar um país?

Enfim, é um filme para fazer pensar. Com algumas semelhanças com a realidade, analogias, metáforas, e até uma dose de humor. Mas isso depende, é claro, de quem o está assistindo. O propósito pode não ter sido mudar o sistema (até porque “o sistema é foda parceiro”), mas apenas começar uma transformação na mentalidade de pelo menos algumas pessoas que o veem.

Deixando críticas e ideologias de lado, “Tropa de Elite 2” vale muito. Diálogos interessantes, grandes atuações, novos bordões, uso muito interessante da câmera – que segue os personagens – bom de ser visto e discutido. Então vamos deixar de “pombagirisse” e curtir logo o filme, que é o que interessa.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Cinema

“Nosso Lar” e o sucesso do cinema nacional

Por José Roberto Gomes e Luma Pereira*

O ano de 2010 já pode ser considerado um dos melhores – talvez o melhor – da história do cinema brasileiro. E não estamos falando somente do aspecto financeiro. A qualidade das películas e o número em forte alta de espectadores que se dirigem às salas de exibição são pontos que indicam o sucesso das produções nacionais perante o grande público.

Exemplo claro desse crescimento é “Nosso Lar”, filme dirigido por Wagner de Assis e com Othon Bastos, Paulo Goulart, Renato Prieto, Fernando Alves Pinto e Rosanne Mulholland no elenco. Baseado na obra do médium Chico Xavier, o drama alcançou a marca ímpar de um milhões de espectadores em apenas cinco dias em todo Brasil. Bom para a Fox Film: o orçamento da obra gira em torno de R$ 20 milhões, o maior de uma produção nacional até hoje.

A trama envolve André Luiz (Prieto), que, após a morte, passa pela experiência de descobrir a “nova vida” em uma cidade chamada justamente “Nosso Lar”. Mas sentir a experiência do purgatório também está no seu caminho.

Para aqueles que admiram o cinema do Brasil, assistir a esse marco é fundamental. Boa sessão!

Assista abaixo ao trailer do filme:

Veja onde assistir a “Nosso Lar” (de 10/09 a 16/09):
Anália Franco
Boavista
Boulevard Tatuapé
Bourbon
Bristol
Butantã
Campo Limpo
Center Norte
Central Plaza
Cidade Jardim
Cine Livraria Cultura
Cine TAM
Eldorado
Frei Caneca Unibanco Arteplex
Iguatemi
Interlagos
Interlar Aricanduva
Jardim Sul
Kinoplex Itaim
Kinoplex Vila Olímpia
Lapa
Marabá
Market Place
Metrô Itaquera
Metrô Santa Cruz
Metrô Tatuapé
Pátio Higienópolis
Pátio Paulista Cinemark
Penha
Plaza Sul
PlayArte Lumière
Reserva Cultural
Santana Parque
Shopping D
SP Market
Villa-Lobos
West Plaza

* NOTA: a partir de hoje, Luma Pereira passa a colaborar como a colunista de cinema do ESPELHOSP; toda a equipe do Blog agradece ao trabalho especial realizado anteriormente.

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

Um “lunático” querido

Por José Roberto Gomes
Luma Pereira (especial para o ESPELHOSP)

Você já pensou em roubar a Lua? Não? Pois esse é o sonho do orgulhoso Gru em “Meu Malvado Favorito”, o mais novo – e brilhante – filme de animação dos estúdios Illumination Entertainment. Sob a direção de Pierre Coffin e Chris Renaud e com um enredo que mistura amizade, comédia e ficção, a película é aquela tradicional obra que se enquadra na classificação “para toda a família”.

Tudo começa após outro ladrão, Vetor, sumir com a Pirâmide de Gizé, no Egito, colocando no lugar uma imensa réplica a gás – o que acaba sendo considerado o roubo do século. Ambicioso e desejando a fama, Gru se volta para algo maior: o satélite natural da Terra. Para essa empreitada, conta com apoio dos amarelados mínions e do cientista Dr. Nefario.

Mas um detalhe atrapalha o plano mirabolante dele: para diminuir o tamanho da Lua a ponto de poder surrupiá-la, Gru tem que pegar um raio que reduz o tamanho das coisas justamente de Vetor. Tudo muda quando ele conhece três crianças órfãs e vê nelas a chance de conquistar a nossa querida “bola de queijo”.

O resto da história a gente deixa para você conferir no cinema!

Boa sessão!

Assista ao trailer do filme:


Saiba onde assistir a “Meu Malvado Favorito” (de 27/08 a 02/09):
DUBLADO

Anália Franco
Boa Vista
Boulevard Tatuape
Bourbon
Bristol
Butantã
Campo Limpo
Center Norte
Central Plaza
cidade Jardim
Eldorado
Iguatemi
Interlagos
Interlar Aricanduva
Jardim Sul
Kinoplex Vila Olímpia
Lapa
Market Place
Metrô Itaquera
Metrô Santa Cruz
MetrÔ Tatuapé
Pátio Higienópolis
Pátio Paulista Cinemark
Penha
Plaza Sul
Santana Parque
Shopping D
SP Market

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

Ladrão de sonhos

Por José Roberto Gomes
Luma Pereira (especial para o ESPELHOSP)

Christopher Nolan deve ter a fórmula de fazer dinheiro. Em 2008, com o filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, faturou US$ 1 bilhão ao redor do planeta. Agora, com “A Origem”, não deve ser diferente.

Em cartaz no Brasil desde o dia 06/08, a obra já é considerada a melhor de Hollywood em anos. Não é para menos. Só o elenco, com Leonardo DiCaprio, Ken Watanabe e Cillian, já se destaca. Mas é na trama que reside o segredo da película Nolan.

Dom Cobb (DiCaprio) lidera uma equipe capaz de roubar segredos valiosos do inconsciente das pessoas. Essa arte perigosa o colocou, no entanto, como um fugitivo internacional, perdendo com isso tudo o que amava. Quando um empresário o procura para mais um trabalho, Cobb percebe que tem a chance de sair dessa vida clandestina. A tarefa é justamente o contrário: inserir na mente de alguém uma ideia, e não retirar. Trata-se do crime perfeito que pode lhe render a redenção.

Com um roteiro mirabolante e gráficos que não impressionavam desde “Matrix”, “A Origem” certamente ainda dará o que falar. Seja em sucesso entre os críticos ou entre as transações na conta bancária de Christopher Nolan.

Assista abaixo ao trailer de “A Origem”:



Saiba onde assistir ao filme
(de 20/08 a 26/08):
DUBLADO
Anália Franco
Boa Vista
Campo Limpo
Central Plaza
Interlagos
Interlar Aricanduva
Jardim Sul
Marabá
Metrô Itaquera
Metrô Santa Cruz
Metrô Tatuapé
Penha
Santana Parque
Shopping D
SP Market

LEGENDADO
Anália Franco
Boulevard Tatuapé
Bourbon IMAX
Bristol
Center Norte
Central Plaza
Cidadde Jardim
Cine TAM
Eldorado
Frei Caneca Unibanco Arteplex
Iguatemi
Interlagos
Jardim Sul
Kinoplex Itaim
Kinoplex Vila Olímpia
Market Place
Metrô Santa Cruz
Metrô Tatuapé
Pátio Higienópolis
Pátio Paulista Cinemark
Plaza Sul
Santana Parque
Shopping D
SP Market
Villa Lobos

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

“Todos são quem dizem ser?”

Por José Roberto Gomes Júnior
Luma Pereira (especial para o ESPELHOSP)

Angelina Jolie, a musa dos belos lábios de Hollywood, volta com tudo no seu mais novo filme. “Salt”, que já está em cartaz há duas semanas na cidade de São Paulo, mistura ação, adrenalina, mistério e, claro, muita beleza. A película se destaca por inserir a figura feminina em um gênero cinematográfico predominado por homens. Personagens interpretando agentes policiais, que se envolvem em perseguições, raramente têm vida longa na pele de uma mulher. Mas com “Salt”, essa “tradição” cai por terra.

Angelina Jolie vive Evelyn Salt, uma agente da CIA, a Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, jurada a servir a nação. Uma reviravolta, entretanto, acaba por atrapalhar seus planos, quando um desertor da Rússia a acusa de ser uma espiã russa. É aí que Salt coloca em prática uma fuga recheada de ação, na qual o mais importante é provar a inocência e proteger seu marido dos inimigos, sejam eles russos ou não.

Com Phillip Noyce na direção, “Salt” consagra a carreira de uma das maiores atrizes de Hollywood: Angelina Jolie soma, em seu currículo artístico, um Globo de Ouro (por “Gia”, em 1998) e um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (por “Garota Interrompida”, em 1999), além de sucessos como “60 Segundos” (2000), “Sr. e Sra. Smith” (2005) e “O Procurado” (2008).

Assista abaixo ao trailer do filme “Salt”:

Saiba onde assistir ao filme “Salt”
Dublado:
Boavista
Campo Limpo
Eldorado
Interlagos
Interlar Aricanduva
Lapa
Metrô Itaquera
Metrô Tatuapé
Penha
Shopping D
SP Market

Legendado:
Anália Franco
Boulevard Tatuapé
Bourbon
Bristol
Center Norte
Central Plaza
Cidade Jardim
Cine TAM
Eldorado
Frei Caneca Unibanco Arteplex
Iguatemi
Jardim Sul
Kinoplex Itaim
Kinoplex Vila Olímpia
Marabá
Market Place
Metrô Santa Cruz
Pátio Higienópolis
Pátio Paulista Cinemark
Plaza Sul
Santana Parque
Villa-Lobos

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

Liquidificador fará reflexões a partir de hoje

Por Nathan Lopes

https://i0.wp.com/www.telabr.com.br/_conteudo/imagem/noticias//2009/05/reflexoes_liquidificador_red.jpg

Reprodução/Internet

Em breve, São Paulo será cenário de filme mais uma vez. Porém, não será uma cidade moderna a que aparecerá na tela. A antiga região central, com todo seu tom cinzento, representará a metrópole na produção “Reflexões de um liquidificador”, de André Klotzel, que estreia nesta segunda-feira.

A história começa em um desses típicos bares do centro. Escuro, com aspecto sujo, passa a sensação de que alguma barata possa aparecer a qualquer momento – com sorte, não no seu prato – e a certeza de que a coxinha tem mais óleo do que frango. O estabelecimento pertence ao casal Elvira e Onofre, interpretados por Ana Lúcia Torre e Germano Huit.

https://i2.wp.com/www.cinemadobrasil.org.br/98yc/uploads/producers/bras_filmes_trabalho_reflexoes_de_um_liquidificador.gif

Reprodução/Internet

Segundo a sinopse do roteiro de José Antônio de Souza, Onofre arrumou o liquidificador do bar, que ficou um tanto diferente depois do conserto. É essa situação que dará base para o desenrolar de toda a história. O liquidificador é vivido – considerando o mais estranho que essas palavras juntas possam parecer – pela voz de Selton Mello.

Confira aqui o trailer de “Reflexões de um liquidificador”

Pelo trailer, a sensação é de que o filme será bom. Agora, só se poderá saber a resposta a partir de hoje. Enquanto isso, pode-se raciocinar sobre uma das reflexões que o anúncio deixou: “pensar é moer, moer é pensar”. Daí, já dá para tentar imaginar o que acontece nos oitenta minutos do longa.

1 comentário

Arquivado em Cinema

No lixo e longe de casa…

Por José Roberto Gomes Júnior
Luma Pereira (especial para o ESPELHOSP)

Os brinquedos mais famosos – e queridos – das telonas estão de volta. Lançado em junho, “Toy Story 3” continua forte nas bilheterias dos cinemas do mundo todo e é um nome de peso na premiação do Oscar de Melhor Filme de Animação, que será realizada em 2010. Pelo Brasil, cerca de três milhões de pessoas já assistiram à película, sendo que esse número deve aumentar ainda consideravelmente, dada a quantidade de salas de cinema que estão com “Toy Story 3” em cartaz.

Dessa vez, Woody, Buzz LightYear e todos os outros personagens se vêem em uma aventura não tão animadora. Andy vai para a faculdade e decide guardar seus eternos brinquedos no sótão da casa, dentro de um saco. Sua mãe, entretanto, se confunde e coloca a bolsa no lixo. Após indas e vindas, os brinquedos vão parar em uma creche, a Sunnyside, na qual são bem recebidos – e na onde acreditam encontrar uma vida melhor. Mas Woody prefere a companhia de seu dono e sai em busca do seu verdadeiro lar.

“Toy Story 3” segue a tendência mundial dos filmes de animação e pode ser visto em 3D, um atrativo e tanto para essa grande produção da PIXAR.

Assista abaixo ao trailer do filme:

Confira abaixo onde assistir a “Toy Story 3”:
DUBLADO
Anália Franco
Boulevard Tatuapé
Butantã
Center Norte
Central Plaza
Eldorado
Interlagos
Interlar Aricanduva
Itaim Paulista
Jardim Sul
Kinoplex Vila Olímpia
Market Place
Metrô Santa Cruz
Metrô Tatuapé
Pátio higienópolis
Pátio Paulista Cinemark
Penha
Plaza Sul
Santana Plaza
Shopping D
SP Market
Villa-Lobos

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema