Na paixão da patologia

Descansando de SP
Por Luma Pereira

“Jornada da Alma” (Prendimi L’Anima, 2003), filme do diretor italiano Roberto Faeza, é baseado na história real de Sabina Spielrein, hoje reconhecida como uma importante psicanalista do século XX.

Interpretada por Emilia Fox, a jovem russa sofre de histeria e é internada num hospital psiquiátrico na Suíça, em 1905. O psicanalista Jung (Iain Glen) aplica pela primeira vez as técnicas desenvolvidas por Sigmund Freud, como por exemplo a análise dos sonhos ou a associação de palavras, hoje chamada associação livre. O intuito era substituir os métodos psicanalíticos antigos, como a utilização de choques elétricos, por maneiras mais humanas de tratamento.

Durante o processo de cura, Sabina consegue conversar com Jung sobre as inquietudes, medos e delírios de sua mente. Com isso, ocorre um estreitamento da relação médico-paciente, tornando os resultados obtidos mais satisfatórios. No enredo, essa proximidade do psicanalista e da protagonista acaba ocasionando um caso verídico de paixão proibida entre ambos, o que auxilia na reabilitação de Sabina.

Isso é confirmado pelo diário da jovem, além de cartas trocadas entre ela, Freud e Jung, documentos descobertos em 1977 e analisados por Faeza para realização da película. No início do filme, esses arquivos são encontrados por dois pesquisadores, o historiador escocês Fraser (Craig Ferguson) e a estudante francesa Marie (Caroline Ducey). A partir disso, as cenas voltam ao passado para contar a história da protagonista. A trilha sonora é de Andrea Guerra, e a principal música é Tumbalalaika.

O tratamento inovador é um sucesso e a jovem consegue se curar da histeria. Sabina, então, estuda medicina, tornando-se uma das primeiras mulheres psicanalistas do mundo. Dedica-se à psicanálise na infância, fundando posteriormente a Escola Branca ou Creche Branca, na Rússia. Em 1942, adere à Revolução Russa e acaba sendo executada por soldados nazistas, junto com a filha, devido à origem judaica.

“Jornada da Alma” encarregou-se de mostrar o desenvolvimento das técnicas da psicanálise, a partir dos progressos da protagonista no processo de cura. Além disso, a vida de Sabina Spielrein, importante personagem da história da psicanálise, é mostrada em sua jornada. O filme é uma jornada para todas as almas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Descansando de SP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s