Na paixão da patologia

Descansando de SP
Por Luma Pereira

“Jornada da Alma” (Prendimi L’Anima, 2003), filme do diretor italiano Roberto Faeza, é baseado na história real de Sabina Spielrein, hoje reconhecida como uma importante psicanalista do século XX.

Interpretada por Emilia Fox, a jovem russa sofre de histeria e é internada num hospital psiquiátrico na Suíça, em 1905. O psicanalista Jung (Iain Glen) aplica pela primeira vez as técnicas desenvolvidas por Sigmund Freud, como por exemplo a análise dos sonhos ou a associação de palavras, hoje chamada associação livre. O intuito era substituir os métodos psicanalíticos antigos, como a utilização de choques elétricos, por maneiras mais humanas de tratamento.

Durante o processo de cura, Sabina consegue conversar com Jung sobre as inquietudes, medos e delírios de sua mente. Com isso, ocorre um estreitamento da relação médico-paciente, tornando os resultados obtidos mais satisfatórios. No enredo, essa proximidade do psicanalista e da protagonista acaba ocasionando um caso verídico de paixão proibida entre ambos, o que auxilia na reabilitação de Sabina.

Isso é confirmado pelo diário da jovem, além de cartas trocadas entre ela, Freud e Jung, documentos descobertos em 1977 e analisados por Faeza para realização da película. No início do filme, esses arquivos são encontrados por dois pesquisadores, o historiador escocês Fraser (Craig Ferguson) e a estudante francesa Marie (Caroline Ducey). A partir disso, as cenas voltam ao passado para contar a história da protagonista. A trilha sonora é de Andrea Guerra, e a principal música é Tumbalalaika.

O tratamento inovador é um sucesso e a jovem consegue se curar da histeria. Sabina, então, estuda medicina, tornando-se uma das primeiras mulheres psicanalistas do mundo. Dedica-se à psicanálise na infância, fundando posteriormente a Escola Branca ou Creche Branca, na Rússia. Em 1942, adere à Revolução Russa e acaba sendo executada por soldados nazistas, junto com a filha, devido à origem judaica.

“Jornada da Alma” encarregou-se de mostrar o desenvolvimento das técnicas da psicanálise, a partir dos progressos da protagonista no processo de cura. Além disso, a vida de Sabina Spielrein, importante personagem da história da psicanálise, é mostrada em sua jornada. O filme é uma jornada para todas as almas.

Deixe um comentário

Arquivado em Descansando de SP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s