Apertando o botão da emoção para fazer vídeos

Oficina de videocelular ensina técnica para fazer uma gravação atraente

Por Nathan Lopes

A emoção é o elemento mais importante para poder contar histórias que chamem a atenção do público. Esta é a opinião de Alberto Tognazzi, produtor audiovisual espanhol e diretor do Móvil Film Fest. Ele, junto do músico e roteirista conterrâneo Miguel Angel Blanca, ministrou uma oficina de videocelular, em agosto, no Centro Cultural da Juventude (CCJ), em São Paulo. O evento foi promovido por outro centro cultural, o da Espanha (CCE).

Os participantes da oficina juntos do professor Miguel A. Blanca (de barba, à direita)

Os participantes da oficina juntos do professor Miguel A. Blanca (de barba, à direita)

O objetivo era trabalhar o roteiro de um videoclipe, além de fazer a gravação e edição do mesmo. Tudo isso utilizando apenas um telefone móvel, que, para Tognazzi, não é a principal parte do processo. “O mais importante não é tanto a tecnologia nos celulares, que é muito fácil; é um botão. Aperta e já grava. O mais difícil é pensar ideias que sejam interessantes tanto para o celular quanto para o conteúdo audiovisual em geral”.

Neste momento, além da emoção, é importante pensar no roteiro, que possui uma técnica, ensinada por Angel Blanca. “Nós aqui na oficina estamos defendendo que o que queremos fazer é uma película curta, com um personagem apresentando um objetivo”.

Para colocar o aprendizado em prática, era necessária uma canção e ela veio de um dos participantes: Otávio Pereira, estudante de 16 anos. “Perto de mim” foi escrita sobre uma paixão que ele teve na escola e trazia exatamente o que os professores queriam: emoção e um personagem. O resultado do trabalho de Ayrton Costa, Diogo Silva, Joana Santos, Marcos Oliveira, Wellington Rockers e Lucas de Toledo aparece neste vídeo, que eles fizeram após seis aulas.

E se, depois de assistir a esse clipe, você achar que não tem capacidade para fazer algo parecido, Tognazzi tem um recado. “Criatividade se exercita. Se você tem vontade de contar histórias, e experimenta, tenta fazer isso, pode contar histórias muito divertidas com a prática”.

Se apareceu a curiosidade sobre como eles realizaram o videoclipe, veja o processo de produção de “Perto de mim” neste domingo, à 0h, no “Edição Extra”, transmitido pela TV Gazeta, de São Paulo. A canção, aliás, pode ser o primeiro sucesso a aparecer em um programa dominical sem ser o do Faustão ou do Gugu. Ah, vai dizer que você não ficou cantando? Duvido. “Será/ Que vai dar/ Pra ficar…”

Deixe um comentário

Arquivado em Música

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s